Hemisférios de Magdeburgo

2012-10-02 - Hemisférios de Magdeburgo (11) (800x600) (170x128)

hoje, no nosso recreio, recreámos a experiência dos hemisférios de Magdburgo.
Começámos por mostrar os dois hemisférios separados e explicar a função da bomba de vácuo.

1349260797De seguida provocámos vácuo no interior dos hemisférios e foi ver a ciência a acontecer….
Muitos foram os que tentaram separar os tão famosos hemisférios.
Por mais que soubessem que, segundo a experiência realizada por Otto Von Guericke, nem 24 cavalos o tinham conseguido não desistiram.

Uma breve explicação
Se se torna impossível a separação dos hemisférios ou o ar exerce uma pressão, ou existe uma força de sucção a atuar. Como, com a bomba, foi feito vácuo (ausência de matéria) descarta-se a segunda possibilidade, já que o nada não é capaz de exercer força. Concluímos então que o que mantém os hemisférios unidos é peso do ar, ou seja, a pressão atmosférica.

Em contrapartida, deixando entrar o ar para o interior dos hemisférios através duma torneira de admissão, separar os hemisférios faz-se sem qualquer dificuldade, dado que as pressões (interna e externa) se igualam.
Com esta experiência Von Guerick demonstrou:
– a existência de pressão atmosférica sobre os corpos (a qual teria enorme intensidade ao nível do mar);
– a existência do vazio.

1349260802

Com a sua experiência, Von Guerick pôs fim, de forma espetacular às ideias que vinham sendo defendidas desde Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.) e segundo as quais a Natureza teria “horror ao vácuo”, preenchendo imediatamente, a todo custo, qualquer espaço que fosse deixado sem matéria.